English version

Pedra dos Cravos
6.3 km

Distância 6.3 km
Tempo Rota de meio-dia
Grau de dificuldade Médio

Meios

  • Automóvel
  • Todo-o-Terreno
  • BTT
  • Pedestre

Fale conosco!

O caso do Dólmen de Belazaima, situado a meia-encosta de um monte abrupto e que, afinal, mais não terá sido do que um abrigo de pastores. De cronologia Neo-Calcolítica, foi construído com o aproveitamento do afloramento granítico em que se encontra, sobre o qual tombaram grandes blocos. Um desses blocos parece ser uma tampa de um dólmen. É na confluência zoológica que se segue para poente a meia encosta até á Pedra dos Cravos. Conta a lenda, que água contida durante todo o ano no abrigo rochoso tinha poderes curativos. Assim, na antiguidade era visitada por pessoas que padeciam de cravos e outras saliências indesejadas. Então tal água fazia com que desaparecessem esses males. A Senhora do Livramento também está incluída nesta rota. Conta a história de um homem que por volta dos anos de 1830-1850, depois de excomungado por más ações, foi proibido de frequentar a igreja. Mais tarde apaixona-se e, para poder casar, dirige-se a Roma para falar com o Papa e libertar-se da excomunhão. Na viagem de regresso é envolvido numa violenta tempestade e, no momento de aflição promete construir uma capela à Sra. do Livramento num sítio da Serra do Caramulo de onde se pudesse ver o mar. Entretanto a sua amada morreu e o Sr. com o desgosto isola-se no monte, no sítio da capela que entretanto mandou construir, ficando conhecido como o Ermitão de S. João do Monte. Esta história foi passando de pais para filhos e deu origem a uma festa religiosa que se realiza todos os anos nos dias 7 e 8 de Setembro. Desde então, entre romarias, peregrinações e promessas, é um local muito visitado e de grande respeito religioso.