English version

Lendas
Sabe mais sobre as lendas do Caramulo

A lenda do Castelo do Rei Cid Alahum

No Caramulo fica o Monte - Lafão que tem sido comparado a um pão de dois bicos. Por entre as cabeças corre a estrada dos Mouros e existe um penedo que, reza a lenda, foi trazido à cabeça por uma Moura encantada. Num dos cabeços está a ermida da senhora do Castelo e no cabeço fronteiro podemos encontrar ainda, vestígios de uma antiga construção que dizem ter sido um inexpugnável castelo onde habitava um valente rei mouro...

Veja mais em: http://www.scribd.com/doc/32044935/A-Lenda-Do-Castelo-Do-Rei-Cid-Alahum.

Publicado por: Grupo S. João do Monte


O diabo da ponte do Alfusqueiro

Em tempos que já lá vão, por aqui viveu um homem muito rico e que tinha terras em ambas as margens do rio Alfusqueiro junto ao caramulo. Sendo também, muito sovina, nunca se tinha dado ao trabalho de mandar construir uma ponte. E assim, sempre que queria ir a até às suas propriedades do outro lado do rio, via-se obrigado a procurar um vau. Numa certa noite de violenta borrasca bateu-lhe à porta um visitante de negro vestido, pedindo-lhe guarida. O rico senhor deixou-o entrar, ofereceu-lhe jantar e cama como o visitante acedesse conversaram em quanto comiam...

Veja mais em: http://www.scribd.com/doc/32043774/O-Diabo-Da-Ponte-Do-Alfusqueiro

Publicado por: Grupo Guardão


“O ERMITÃO”

Plácido Francisco, o Ermitão, nasceu no lugar de Benfeitas, freguesia de Destriz, do atual concelho de Oliveira de Frades, no longínquo ano de 1695. Era o mais rebelde dos irmãos e por isso, sua mãe tinha muitas preocupações. Plácido, era um excelente cavaleiro e no seu belo cavalo percorria grandes distâncias. Vagueava por montes e vales e nessas viagens, ia muitas vezes a casa de seus tios, que viviam no lugar de Carvalho, freguesia de Macieira de Alcôba. Num desses passeios, ele e um amigo de fora, cometeram uma grande asneira...

Veja mais em: http://www.scribd.com/doc/28554734/O-Eremitao

Publicado por: Grupo S. João do Monte